Dicas

ATENÇÃO NO SEU EMBARQUE E DESEMBARQUE

Se possível, adquira sua passagem com antecedência, principalmente se for viajar nas férias ou feriados prolongados. Assim você não corre o risco de perder a viagem;

Tenha sempre a mão a sua passagem e documento de identificação, pois são eles que vão garantir o seu embarque;

Evite os atropelos de última hora, chegando ao terminal de embarque com antecedência mínima de 30 minutos;

Para o embarque em viagem interestadual é obrigatório o preenchimento da ficha de identificação que você recebe quando da compra do bilhete de passagem;

Não esqueça de ter em mãos o documento das crianças de menor idade; Ao desembarcar, lembre-se de verificar se não esqueceu nenhuma bagagem no ônibus (Porta embrulho e bagageiro);

Suas dúvidas devem ser tiradas com a tripulação do ônibus. Evite informações de terceiros.

TRANSPORTE DE CRIANÇAS MENORES DE 12 ANOS

Crianças com até 12 anos devem viajar acompanhadas dos pais ou responsáveis. Na ausência destes devem obter autorização do juizado de menores e só poderá embarcar com a apresentação do documento de identificação (Certidão de nascimento ou Carteira de Identidade) da mesma.

PAGAMENTO DE PASSAGEM POR CRIANÇA

Crianças com até 05 anos, no transporte interestadual, e 06 anos, no intermunicipal, não pagam passagem, desde que não ocupem assento.

REMARCAÇÃO E REEMBOLSO DE BILHETE DE PASSAGEM

Em caso de desistência da viagem você poderá remarcar a data e/ou horário da viagem ou até devolver o seu bilhete com pedido de reembolso do valor pago. Para isso é necessário que você se manifeste com antecedência mínima de 3 horas no transporte interestadual e 12 e 24 horas quando de transporte intermunicipal, com relação ao horário de partida da viagem, conforme determina a legislação dos serviços rodoviários de transportes de passageiros intermunicipais, interestaduais e internacionais.

Conforme o Código Civil Brasileiro, art. 740, § 3º e a resolução n° 978, expedida em 25.05.2005 pela Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, as empresas possuem o direito de reter até 5% (cinco por cento) da importância a ser restituída ao usuário, a título de multa compensatória, quando da desistência da viagem com pedido de reembolso do valor da passagem.

EXTRAVIO E DANO DE BAGAGEM

Em caso de extravio ou dano de bagagem, deverá ser preenchido pelo usuário, ao fim da viagem, o formulário específico dando conta do ocorrido para posteriores providências, juntando para tal o bilhete de passagem e o tíquete correspondente à bagagem.

A bagagem de mão, transportada no porta embrulho, é de inteira responsabilidade do passageiro. Portanto, fique atento e cuide bem dela.

Saiba mais sobre nossos
horários e preços!

Entre em contato